PARA ONDE APONTA O NOSSO RADAR TECNOLÓGICO

Estamos o tempo todo antenados com tudo que acontece no mundo da tecnologia e inovação. O que já está consolidado, as novidades e tendências futuras:

radar.png

Atualmente nosso radar nos aponta para alguns tópicos principais que estão altamente aquecidos para os próximos anos, nos quais resolvemos investir a maior parte dos nossos estudos e capacidade de desenvolvimento de soluções:

IoT: Internet of Things ou Internet das Coisas. Esse tema irá criar milhares de soluções e produtos nos próximos anos, movimentando bilhões de dólares em todo o mundo. Já prevemos mais de 25 bilhões de equipamentos conectados para 2020. O IoT possibilitará que o foco seja transferido da automação para a informação. A grande revolução não está em equipamentos capazes de realizar as mais diversas tarefas e que conseguem conversar entre sí, mas sim no fato de que esse equipamentos poderão coletar todo tipo de dados do ambiente e de nossas vidas, transmitindo-os para centros de processamentos capazes de transformar tudo isso em informação de grande valor.

BoE: Behavior of Everthing ou Comportamento de Todas as Coisas. Ao termos acesso a centenas de dados real-time, podemos colecionar, interpretar e descobrir padrões capazes de desenhar o comportamento de determinadas "coisas". Com base nesse comportamento conhecido, as ferramentas de auxílio à tomada de decisão são muito mais eficazes (eficientes e rápidas).

AI: Artificial Inteligence ou Inteligência Artificial. A enorme capacidade de processamento dos computadores atuais, aliada a conceitos como sistemas especialistas e rede neurais, estão viabilizado a AI em um número cada vez maior de projetos. Esse é um recurso poderosíssimo para auxiliar na tomada de decisão em processos complexos ou para tornar alguns processos autônomos muito mais inteligentes. Não estamos falando necessariamente da substituição da Inteligência humana, mas sim na complementação dela, o que chamamos de Inteligência Ampliada.

Machine Learning: O aprendizado de máquina é o principio que leva à constante evolução da Inteligência Artificial de um equipamento. Através de um contínuo sistema de análise de dados, erros e acertos, o algoritmo é capaz de se ajustar e evoluir, melhorando significativamente a sua capacidade de acerto (acurácia).

Data Science & Analytics: Todos esses equipamentos de IoT transmitindo bilhões de informações a cada minuto geram uma massa de dados gigantesca, os quais precisam de métodos e processos específicos para serem armazenados, manipulados, tratados e analisados em tempo hábil.